(41) 3402-5235 | (41) 3618-0043 | (41) 9 9162-1330 | (41) 9 8875-2642 | (41) 3074-7482 clinicafagundes@gmail.com

As pessoas envelhecem como um todo e os sinais do tempo atingem corpo e rosto. Enquanto o corpo pede a prática de exercícios físicos constantes e a associação de inúmeros procedimentos estéticos e cirúrgicos complementares para mantê-lo são, o rosto também pede mais do que a aplicação frequente de cremes, filtro solar e a remoção de maquiagem antes de dormir. Esses hábitos, aliás, devem ser tão rotineiros quanto escovar os dentes ou tomar banho.

Com a revolução e a evolução da medicina no que se refere ao entendimento do envelhecimento do rosto, é possível minimizar e suavizar a aparência, trazendo jovialidade e  sintonia com o estado de espírito do paciente. Para isso, é preciso integrar procedimentos que tratem todas as estruturas da face – ossos, coxins de gorduras faciais, músculos e pele, que abrange um rol extenso de tratamentos e cirurgia facial.

“Atualmente, nossa maior preocupação está em entender as expectativas das pessoas. Muitas, infelizmente, vêm influenciadas por falsas promessas e totalmente desestimuladas por tratamentos infrutíferos do passado. Em questão desses tratamentos, você precisa fazer o diagnóstico correto para intervir com precisão onde a pessoa realmente necessita. Assim, para alguns casos, sugerimos também procedimentos cirúrgicos na face, que chegam mais perto do que o paciente busca”, diz o dermatologista Fernando Sens Fagundes.

A combinação destas intervenções, observando a individualidade de cada um, confere resultados naturais, alinhados com as expectativas dos pacientes. Afinal, atualmente a imagem conta muito como trunfo na vida social e corporativa.

“Existem alguns procedimentos cirúrgicos da face que tem aplicação dermatológica. Um bom exemplo disso é a aplicação de toxina butulínica no masseter, que é o músculo da mastigação. Ao provocarmos uma leve atrofia dessa musculatura, é possível afinar o rosto e dar um aspecto mais feminino para a face. Hoje em dia existem muitas opções para atenuar os efeitos do tempo”, explica a médica especialista em cirurgia facial, Dra. Marina Serrato Coelho Fagundes.

Assim, ao avaliar o paciente em sua individualidade, é possível selecionar o melhor conjunto de técnicas, procedimentos e, eventualmente, indicação cirúrgica para cada caso. “É preciso considerar que a pele é um órgão que responde muito bem a boas práticas de prevenção ao envelhecimento e, hoje, existem muitas possibilidades para envelhecer com beleza”, finaliza o Dr. Fernando Fagundes.