(41) 3402-5235 | (41) 3618-0043 | (41) 9 9162-1330 | (41) 9 8875-2642 | (41) 3074-7482 clinicafagundes@gmail.com

A notícia é boa. Mais da metade (56%) das mulheres entre 25 e 60 anos temem o envelhecimento da pele do rosto e estão buscando procedimentos para minimizar os efeitos do tempo. Além disso, 83% das brasileiras cuidam da pele, motivadas pelo prazer que isso traz. Esses dados otimistas são motivados pela informação, que está mais disponível na internet e interessa essa parcela da população.

Mas, por outro lado, 36% não entendem muito bem o assunto e tem dificuldade de estabelecer uma rotina de cuidados com a pele, o que é fundamental para retardar os efeitos do tempo. Conhecer a rotina de cuidados com o rosto e adquirir o hábito são coisas distintas, pois um terço das brasileiras ouvidas recorre apenas à água e sabonete comum para a limpeza do rosto e 61% desconhecem o tipo da própria pele. Os dados são da pesquisa feita pela Avon, em parceria com o Instituto IBOPE Conecta, divulgada em abril deste ano.

Para o dermatologista especialista em envelhecimento facial, Dr. Fernando Sens Fagundes, o cuidado diário faz toda a diferença para a saúde do rosto. “A rotina diária de limpeza, proteção com filtro solar, retirar a maquiagem antes de dormir e usar produtos bons e adequados à pele deve ser como escovar os dentes ou tomar banho. Além disso, os hábitos saudáveis interferem e contribuem diretamente para a pele bonita”, alerta o Dr. Fernando.

A pesquisa ainda apontou que seis em cada dez mulheres estão insatisfeitas com a região do rosto. E com a intensificação do acesso a conteúdos informativos na internet e nas mídias sociais, a impressão que se passa é que quem não esta sendo submetida a nenhum tratamento, esta simplesmente “largada”, o que configura claro exagero dessas mídias. Infelizmente esses excessos de informações acabam, na maioria das vezes, gerando ainda mais confusão do que propriamente ajudando e muitas mulheres acabam realizando muitos procedimentos desnecessários para o seu caso.

“A melhor forma de tratar o envelhecimento da pele é primeiro entender o paciente, adequar as suas expectativas,  avaliar a sua disponibilidade de tempo e quanto gostaria de investir e  combinar o tratamento tópico e cuidados gerais com procedimentos estéticos e, eventualmente, cirurgias faciais.  A combinação, portanto, de procedimentos e o acompanhamento de um bom dermatologista são vitais para manter um rosto jovial”, esclarece o Dr. Fernando.