(41) 3402-5235 | (41) 3618-0043 | (41) 9 9162-1330 | (41) 9 8875-2642 | (41) 3074-7482 clinicafagundes@gmail.com

Se você notar que os procedimentos que atenuam a passagem dos anos passam a não fazer mais efeito após os 50 anos, é porque após a menopausa o corpo muda de fato. Assim, a cirurgia facial passa a ser uma grande aliada na busca pela manutenção da jovialidade do rosto.

Os 50 anos servem como referência, mas, o que determina a necessidade de um procedimento cirúrgico é o grau dos sinais de envelhecimento da sua face, bem como as condições da sua pele e tecidos e sua vontade em mudar o aspecto do seu rosto, colo e pescoço. Nessa faixa etária, as cirurgias mais procuradas são a blefaroplastia, o lifting facial, mini lifting, lifting de sobrancelhas e lobuloplastia. Em alguns casos, mais de um procedimento são recomendados!

“É importante frisar que a cirurgia facial reposiciona os tecidos, repõe o volume perdido com o passar dos anos, elimina o excesso de pele e a flacidez da região. Assim, os resultados são duradouros, se a paciente realiza a manutenção correta após o procedimento”, diz a Dra. Marina Fagundes, otorrinolaringologista especialista em cirurgia facial.

A faixa etária não apresenta restrições para a realização de cirurgias, pois exames prévios são sempre solicitados e o acompanhamento do médico do paciente é também bem-vindo, no caso da existência de doenças crônicas como o diabetes. Ter mais de 50 anos não é fator que, por si só, impeça a realização das cirurgias faciais. Muitas vezes esses procedimentos representam sonhos que, quando realizados, aumentam muito a auto-estima e a qualidade de vida da paciente.