(41) 3402-5235 | (41) 3618-0043 | (41) 9 9162-1330 | (41) 9 8875-2642 | (41) 3074-7482 clinicafagundes@gmail.com

Conforme ficamos mais velhos, somos surpreendidos por manchas pelo corpo, conferindo nova textura para a pele de áreas mais expostas, como braços, mãos, pernas, rosto e pescoço. Essas manchas mais escuras misturadas com mais claras e com arroxeadas são resultado do acúmulo dos danos de pelo menos duas décadas, causados pela radiação solar, poluição e até mesmo do envelhecimento da pele.

Popularmente elas são conhecidas como manchas senis e costumam aparecer após os 40 anos. A boa notícia é que a dermatologia contemporânea tem muitas possibilidades para atenuá-las!

De acordo com o Dr. Fernando Fagundes, dermatologista especialista em envelhecimento da pele, tudo começa com o bom diagnóstico, capaz de determinar a origem das manchinhas: envelhecimento, hormônios e/ou exposição solar em excesso, observando a individualidade de cada caso.

O tratamento começa em casa, com a aplicação de dermocosméticos para clarear a pele com ácido retinóico, glicólico, vitamina C e outros ativos. Mas, só com procedimentos em consultório é que o resultado é potencializado. Entre as opções que podem ser utilizadas estão os peelings, lasers e microagulhamento, visando sempre à uniformização da coloração da pele e a renovação celular.

“O fator genético tem também forte influência no aparecimento das manchas senis. Por isso, a prevenção é o melhor tratamento, usando protetor solar frequentemente. Depois de observadas as manchas senis, no entanto, os tratamentos normalmente trazem resultados bem satisfatórios, variando conforme a intensidade e a extensão do quadro”, explica o Dr. Fernando Fagundes.