(41) 3402-5235 | (41) 3618-0043 | (41) 9 9162-1330 | (41) 9 8875-2642 | (41) 3074-7482 clinicafagundes@gmail.com

Com o isolamento social e mais tempo navegando na internet, as tentações para testar máscaras e cremes caseiros ou com ofertas incríveis para tratamento da pele e cabelo pipocam nas redes sociais e sites. Sem fundamento científico e com apelos comerciais muito fortes, as fórmulas podem causar o efeito contrário. De repente a pele sofre, fica vermelha, ressecada, ardida ou coçando. Pode ser que a curiosidade e a vontade de economizar tenham causado uma dermatite de contato, o que incomoda bastante.

As dermatites de contato são tipos de eczemas que ocorrem quando a pele entra em contato com alguma substância que provoca reação inflamatória. Ao usar produtos químicos abrasivos, agentes químicos e alguns tipos de produtos de higiene pessoal ou de limpeza doméstica sua pele pode ficar irritada. A alergia também se manifesta quando a pele desenvolve a hipersensibilidade a alguma substância.

Vários produtos, sejam naturais ou industrializados, podem causar a dermatite de contato, desde o sumo de frutas a medicamentos de uso tópico. Por isso, é necessário atentar para o que escolhe passar em sua pele.

“A primeira pergunta que você deve fazer é POR QUE está usando determinado produto, por quanto tempo, qual a frequência, e se acontecer algum imprevisto a quem irá recorrer… Se não souber responder a qualquer uma dessas perguntas, o tratamento deve ser reavaliado…  O ideal é sempre contar com a orientação de um médico especialista em dermatologia, para que o tratamento caseiro seja orientado com bons produtos”, explica o Dr. Fernando Fagundes, médico dermatologista da Clínica Fagundes, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.