(41) 3402-5235 | (41) 3618-0043 | (41) 9 9162-1330 | (41) 9 8875-2642 | (41) 3074-7482 clinicafagundes@gmail.com

O nariz tem papel fundamental na fisionomia de uma pessoa e é protagonista na estética de seu rosto. Além disso, exerce uma função crítica ao permitir a passagem do ar, controlando a sua umidade, temperatura e pureza antes de atingir os pulmões.
O procedimento cirúrgico tem como objetivo a melhora tanto estética quanto funcional do nariz, fazendo com que haja uma harmonia maior com a face.

A rinoplastia contemporânea valoriza as características do paciente e é realizada preservando a individualidade de cada um, visando o resultado natural. A personalidade e as preferências também são aspectos muito importantes para determinar o novo formato do nariz.
É importante escolher bem o médico, conversar sobre o que incomoda e o que deseja mudar, confiando assim no conhecimento dele para escolher a melhor técnica cirúrgica para o biotipo e traços genéticos. 

Na rinoplastia, o cirurgião leva em consideração tanto a estética, quanto com a função. Por exemplo, não se pode deixar um nariz muito fino e delicado se isso for estreitar os espaços e válvulas nasais, dificultando a respiração.
Por seu aspecto dinâmico, esta cirurgia se difere de vários outros procedimentos. As estruturas nasais se movem durante e no período pós operatório.
Vários passos da cirurgia, como descolamento da pele, redução dorsal e refinamento da ponta, afetam não só as próprias regiões, mas o nariz como um todo – a aparência, balanço e o suporte. Sendo assim, o cirurgião deve prever e se antecipar a todas as modificações que possam acontecer, com técnicas específicas.

A rinoplastia é uma cirurgia interativa e quanto mais o cirurgião aprende a interpretar as mudanças, entendendo o que elas representam, melhor controle sobre o resultado de cada paciente ele terá.
A cirurgia estética nasal tem repercussão funcional e o contrário também acontece. Por isso, é praticamente impossível uma rinoplastia sem uma abordagem funcional integrada. Além é claro, de ajudar no amor próprio, elevar a segurança e a autoestima.

Como é feito o procedimento?

A rinoplastia é uma cirurgia tranquila, realizada em ambiente hospitalar e com alta no mesmo dia do procedimento. Pode ser realizada sob anestesia local,  sedação ou geral. A técnica varia de acordo com o planejamento discutido, podendo ter acesso externo ou endonasal, com duração média de cerca de 3 à 4 horas em casos de rinoplastia primária. 

Planejamento e organização

Para realizar a rinoplastia é muito importante um planejamento antecipado.
Isso envolve:

– Deixar a agenda livre para fazer consultas e exames. É preciso reservar tempo para consultas com o cirurgião, anestesista e demais profissionais. Também é preciso considerar o tempo para os exames, que deverão ser realizados em data próxima à cirurgia;

– Realizar pelo menos duas consultas médicas antes da cirurgia, onde todas as dúvidas sejam esclarecidas;

– Ter alguém como acompanhante no dia do procedimento e, se possível, na consulta médica;

– Cuidados no pós-operatório. É preciso ter em torno de cinco dias de repouso relativo para cuidar de si mesmo, com repouso relativo e compressas frias. Em torno de duas semanas sem compromissos pessoais ou profissionais para recuperar-se do inchaço e dos possíveis hematomas que possam ocorrer;

Recomenda-se dormir com a cabeça elevada nos primeiros dias;

Não poderá haver exposição ao sol por 30 dias e deve-se cuidar, inclusive, com a luz artificial dentro de casa, utilizando sempre filtro solar;

– Atividades físicas devem ser suspensas nos primeiros 15 dias. Após esse período, atividades leves e sem contato já podem ser realizadas;

– Evitar usar óculos por 60 dias;

– Não se deve manipular ou molhar o curativo até a sua remoção, que deve ser feita apenas pelo médico;

– Paciência, pois a cirurgia demora cerca de 1 a 2 anos para alcançar o resultado final;

– Conhecimento de todas as etapas da cicatrização. Por exemplo: no dia de tirar o curativo, seu nariz estará mais arrebitado. Alguns dias depois, ele ficará mais edemaciado. Até 3 meses após o procedimento, ele inchará e irá desinchar em sequência. Somente após esses 3 meses, ele começará lentamente a adquirir o formato final;

– Alguns medicamentos e tratamentos influenciam na cirurgia e devem ser descontinuados durante o processo da rinoplastia. Fazem parte desta lista a gingko biloba, o ácido acetilsalicílico, os anticoagulantes, entre outros;

– Consultas de retorno são muito importantes para avaliar as mudanças que estão acontecendo no nariz, uma vez que os resultados finais da rinoplastia demoram até 2 anos para aparecer. 

Organize-se para comparecer no consultório do seu cirurgião uma vez por mês, até seis meses após o procedimento; e anualmente, após a realização do procedimento. Com isso, é possível controlar alterações com manejo em consultório, diminuindo a necessidade de retoques cirúrgicos.
O mais importante é seguir todas as recomendações gerais e específicas do cirurgião, lembrando que cada caso precisa ser tratado e orientado pelo médico que realizou o procedimento.

Avaliação da pele

Você sabia que a avaliação da pele é uma etapa fundamental no planejamento da rinoplastia?
Na Clínica Fagundes existe um protocolo desenvolvido para o manejo da pele nos pacientes que serão submetidos à cirurgia.
Esse protocolo consiste nos seguintes passos:

– No pré-operatório os pacientes com pele espessa são avaliados pelo dermatologista quanto à necessidade e possibilidade do uso da isotretinoína oral já nas primeiras semanas seguintes à cirurgia, o que já faz com que haja uma redução na espessura da pele e uma diminuição na formação de fibrose cicatricial.

– Na semana anterior à cirurgia, os pacientes que possuam indicação submetem-se ao laser fracionado não ablativo na região nasal, seguida de outras sessões nos meses seguintes à cirurgia. O laser visa uma melhora global na qualidade, aspecto da pele e das cicatrizes, no caso da rinoplastia aberta ou vestibuloplastia.

– A luz intensa pulsada pode ser associada ao laser no manejo das cicatrizes, diminuindo a vermelhidão e formação de vasos, além dos casos de hiperpigmentação pós-inflamatória.


Dúvidas frequentes

– É possível realizar uma simulação durante a consulta, mas somente para melhorar a comunicação e dar uma ideia do que poderia ser feito. A simulação nunca é uma promessa de resultado, pois a cicatrização pode variar de pessoa para pessoa.

– A recuperação da Rinoplastia é tranquila. Nos primeiros 2-3 dias poderá haver um sangramento leve e obstrução nasal e recomenda-se em torno de 5 dias de repouso relativo. Com 1 semana é removido o curativo. Não é uma cirurgia que costuma doer, sendo a obstrução nasal o principal motivo de desconforto nos primeiros dias pós-cirúrgico.

As principais complicações da rinoplastia decorrem de alterações da cicatrização, o que poderá levar a necessidade de retoque após a cicatrização completa.

– A cicatrização da Rinoplastia é lenta e demora em torno de 2 anos para o resultado final. Nos primeiros 3 meses o nariz permanece mais edemaciado e incha e desincha, dependendo do dia. À partir de 3 meses tende a desinchar gradativamente.

– A rinoplastia deve ser feita quando as alterações estéticas atrapalham o paciente e causam baixa autoestima. A rinoplastia corrige alterações da pirâmide óssea e na cartilaginosa, assim como da ponta nasal.

 

A Clínica Fagundes conta com cirurgiões especializados em rinoplastia, seguindo e desenvolvendo sempre as melhores técnicas para o seu procedimento. Dessa maneira, possibilitamos a melhora da aparência e o aumento da sua autoestima.

Conheça os nossos procedimentos e tudo aquilo que podemos fazer por você. 

Entre em contato pelo formulário abaixo, agende uma consulta e saiba mais!

Clínica Fagundes WhatsApp Chat
Enviar via WhatsApp